quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Como economizar na hora de comprar livros


Oi, pessoal!

Muita gente me pergunta por aqui e no Youtube como eu faço para comprar e receber tantos livros todos os meses. Tirando os que recebo de parceria com as editoras, consigo pegar muitas promoções boas tanto na internet quanto em lojas físicas. Hoje eu resolvi fazer esse post para ajudar vocês que também gostam de comprar muitos livros, dando dicas de como economizar nesse momento. Espero que gostem! ;)

1- Promoções

Quem não ama um bom desconto, não é mesmo? E se for em livros então, melhor ainda. Minha primeira dica é a de você ficar sempre de olho nos sites que vendem livros para ver quando haverá uma boa promoção deles. Em algumas épocas do ano é bem comum ter esse bota-fora de livros, sobretudo na Black Friday que já é mês que vem, e no Natal. Uma dica é se cadastrar paara receber as newsletter de cada site, assim você fica sabendo antes de todo mundo daquela promoção específica (e pode comprar antes que acabem os estoques).

2- Cupons de desconto

Uma das melhores coisas que as lojas online trouxeram foi poder usar cupons de desconto na hora de finalizar a sua compra. O produto já está barato, daí você consegue um cupom e ele fica mais barato ainda, é maravilhoso! Um site que eu recomendo para buscar esses cupons é o Cupom Válido. Nele você encontra cupons para o principais sites que vendem livros no país e são os que eu mais gosto de comprar: Submarino, Saraiva, Amazon, entre outros. Além dessas, tem também outras lojas de diversos segmentos, vale a pena conferir antes de fechar a compa.

3- Feiras de livros

Essa é uma dica que eu sou super fã! Amo uma Bienal e feiras do livro daqui da minha cidade. Sempre tem uns livros que desejo há tempos por um preçço bem barato, além de me divertir passando uma tarde inteira rodeado de livros incríveis, é maravilhoso!

4- Sebos e troca de livros

Uma ótima opção também é visitar sebos da sua cidade. Já fiz compras e trocas de livros muito bons neles, a preços muito baratos. Aqui em Recife temos uma praça só deles no centro da cidade, mas você pode procurar na internet o que fica mais perto da sua casa.


Vocês fazem mais alguma coisa que eu não citei no post? Se sim, deixem nos comentários que vamos bater um papo! ;)
                                                                     


domingo, 29 de setembro de 2019

[RESENHA] O roqueiro que me amava (The Rocker #4), de Terri Anne Browning

 

Editora: Bezz
Páginas: 239
Publicação: 2019 


Harper Jones é uma doce garota que vive fotografando e usando suas fotos para serem vendidas. Ela é linda, mas sua autoestima baixa não consegue perceber isso, pois desde pequena sua mãe a trocou pela enteada, que anos depois se tornou uma top model. O único que a ama verdadeiramente é seu padastro, Cecil. No entano, sua forma de apreciar a beleza muda quando conhece Shane, irmão de Drake, e integrante da banda Demons Wings.

A princípio ela não quis se envolver com ele, pois já sabia da fama do moço com as mulheres. No entanto, a aproximação e o tempo com ele foi mudando e tornando a atração irresistível. Shane sentia o mesmo, sentia que não merecia Harper, por conhecer seu passado com as mulheres. Porém, ela foi a primeira que sentiu algo forte em seu coração e deseja se arriscar para ver que irá acontecer.

Amo essa série The Rocker, da autora Terri Anne Browning, por ser envolvente e ter uma trama rápida e interessante de se ler. O meu livro preferido até o momento é o terceiro, que conta a história do Drake e Lana. Esse quarto volume gostei, mas há certos pontos que me incomodou.

Harper tinha tudo para ser uma personagem que enfrenta as barreiras sem se importar com o que vão dizer. Ela está inclusa no nicho de personagem que não se sente bonita, que assim que namorar um homem bonito ele poderá troca-la por outra por não ser bonita. Isso tudo foi resultado do tratamento que teve de sua mãe, mas isso foi se tornando saturada no decorrer da trama, mas nada que tornasse a trama envolvente de ser, mas foi um dos obstáculos para terminar satisfeito.

O romance entre Harper e Shane acontece de forma instantânea, algo que me incomoda bastante, pois aprecio em acompanhar o crescimento do casal. No entanto, a autora nos apresentou com cenas rápidas e logo poucos encontros os dois conhecem o amor verdadeiro. Isso foi um obstáculo na leitura, pois essa rapidez de sentimentos poderia ter sido melhor desenvolvida de outras formas, utilizando de outros artifícios.

Boa parte da trama foi ambientada em alguns acontecimentos marcantes do livro anterior, por isso vamos rever certos eventos, mas com pontos de vistas diferentes.

A trama é narrada pelos dois pontos de vistas, possibilitando maior compreensão de atitudes e pensamentos dos personagens. A química apesar do romance ser instantâneo, foi bem construída e os personagens conseguem nos cativar.

A escrita da autora continua envolvente, apesar dos pontos explicados acima, mas foi uma leitura fluida e consegue atrair o leitor em conhecer a história do casal e o que irá se suceder em certos momentos. Por isso indico a trama para os fãs da série e para aqueles que gostam de histórias envolvendo roqueiros, apesar de que nesse livro não foi abordado tão profundamente sobre a banda.
 
                                                                     

Onde comprar?

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

[RESENHA] O Anjo do Roqueiro (The Rocker #3), de Terri Anne Browning

 

Editora: Bezz
Páginas: 274
Publicação: 2018


Drake tem um passado sombrio, e por decorrência disso ele se afugenta na bebida, no intuito de silenciar os fantasmas, dores e cenas que ele vivenciou. Porém, tudo isso desfoca quando conhece Lana, a irmã da namorada de seu amigo de banda. Ele encontrou nela um porto-seguro para distrair de tudo aquilo que o aprisiona.

Lana é uma garota doce, que vive com suas irmãos e viu seu mundo mudar quando seu cunhado é um dos integrantes da banda de rock mais famosa do mundo, o Demon’s Wings. E tudo se intensifica e ganha mais cor quando conhece Drake, o membro mais atormentado, sombrio e misterioso. No entanto, ela não irá deixar se intimidar e enfrentará o muro que está ao redor dele e tentará o conhecer melhor. Para ambos era apenas uma amizade, mas Lana começa a sentir algo forte dentro de si, e só poder uma coisa: amor.

Este livro tem o estilo de trama que eu amo. Um casal apaixonado, mas não quer expor seus sentimentos, amores não correspondidos, a busca do autoconhecimento e o amadurecimento. São artifícios que a autora soube escrever com naturalidade e capaz de fazer o leitor ficar ansioso do início ao fim com a história de Lana e Drake.

A química do casal é explosiva, ponto forte para com que a leitura fluísse. Lana no primeiro momento se mostrar se inocente, mas tem o desejo de mergulhar no mundo sombrio de Drake para salvá-lo da dor que o atormenta, mas em outro, podemos ver seu desejo de crescer, estudar e deixar para trás tudo aquilo que estava fazendo ela sofrer.

É uma trama com bastante dose de drama, pois conhecemos melhor o passado dos irmãos Shane e Drake. Também conferimos mais sobre os casais passados e como irão lidar com uma certa circunstância que afetará a banda e suas respectivas parceiras. 

Para os fãs de um romance com drama essa é uma ótima indicação. Os outros dois livros são bons, mas esse foi o que mais gostei da série por enquanto, pois vai além de um casal que passa por momentos difíceis para ficar juntos, tem um plano de fundo envolvendo superação, redenção, amadurecimento e isso acompanhamos de forma gradativa, sem nenhuma pressa. Terri Anne Browning nos presenteia com uma leitura envolvente e instigante do início ao fim.
 
                                                                     

Onde comprar?

[RESENHA] Extraordinárias de Duda Porto de Souza e Aryane Cararo


Editora: Seguinte
Páginas: 208
Publicação: 2017

Extraordinárias: Mulheres que Revolucionaram o Brasil, como o próprio subtítulo já diz, conta a história de várias mulheres que foram importantíssimas para a história do nosso país mas que, por conta das falhas que nossa sociedade ainda reproduz, não receberam destaques nos livros da escolaou acadêmicos. Essa obra traz um compilado delas, de diferentes áreas: Ciência, Engenharia, Cultura, Arte, Política, Movimentos Sociais, etc.

Destaquei algumas que ou eu já conhecia e passei a admirar mais ainda agora ou eu descobri suas histórias: Dra. Graziela Barroso (grande Botânica, estudei muito ela na faculdade), Pagu (muito à frente de seu tempo, lutou muito por esse país e por nossa liberdade atual), Carolina Maria de Jesus (negra e periférica, conseguiu construir uma obra literária genial), Zuzu Angel (que lutou contra a ditadura e usou sua arte e sua genialidade para isso), Niéde Guidon (grande cientista brasileira que cede sua vida e sua inteligência para a Ciência), Dandara (escrava que lutou ao lado dos quilombolas e de Zumbi dos Palmares), Marinalva Dantas (advogada que usou sua competência para libertar mais de 2500 escravos nos dias de hoje), entre outras.

Uma coisa bem legal é que esse livro é feito inteiramente por mulheres. O texto, as ilustrações, o projeto gráfico, a revisão, a edição e a capa, tudo foi feito por profissionais do sexo feminino, o que é sensacional. O trabalho está incrível, genial e é um livro muito necessário nos dias de hoje.

Eu, como homem pró-feminismo, apoio demais e gosto muito de livros assim. Cada vez mais as mulheres estão emponderando-se na sociedade e para elas mesmas e ter um material que mostre o quão  sua importância na história e na sociedade atual é grande, só traz benefícios. Por cada vez mais mulheres empoderadas no poder!

E para quem tem interesse em adquirir esse e outros livros, nossa dica é correr atrás de cupons de desconto como o do site Cupom Válido. Lá você vai encontrar várias lojas parceiras que a gente tanto ama comprar livros, como a Saraiva, o Submarino e a Amazon. Para vocês acessarem, basta clicar no link a seguir escolher a loja e o cupom e se jogar nas compras com desconto! \o/

https://www.cupomvalido.com.br

                                                                     

Onde comprar?

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

[RESENHA] Space War (Space War #1) de Edio Felippe


Editora: Amazon
Páginas: 95
Publicação: 2018

O mundo como conhecemos não existe mais. A ganância pelo poder, dinheiro e o consumo desenfreado acabou por esgotar todos os recursos naturais do nosso planeta, fazendo a humanidade entrar em colapso e buscar desesperadamente por novas formas de moradia e de vida. Em contrapartida, a corrida espacial se desenvolveu absurdamente rápido. Estamos em 2498 e uma guerra nuclear dizimou boa parte da superfície habitável da Terra. Em virtude disso, a maior agência espacial do mundo, a NASA, conseguiu identificar um planeta com características semelhantes ao nosso e que, provavelmente, poderá receber a humanidade sem grandes problemas. Para confirmar essa hipótese, uma nave tripulada será mandada ao local.

Robert é um astronauta de 28 anos que sempre sonhou em conhecer o espaço e navegar por ele. Ao ser recrutado para essa missão inédita, e sabendo do peso que terá que carregar em virtude de ter a esperança de toda a humanidade em suas costas, ele terá que largar a sua família, incluindo a sua filha recém-nascida, para cumprir a sua missão. No entando, essa não é uma tarefa fácil. 

Junto com outros três astronautas, Scott, Stainkovic e Michelle, Robert desbravará um novo mundo, nunca antes visitado por humanos. O que eles encontrarão por lá? Haverá vida inteligente ou, até mesmo, uma nova civilização nesse local? O que o contato de humanos em um novo planeta pode desencadear?

Space War é o primeiro livro de uma série que abordará a jornada de civilizações ao longo do espaço sideral. A narrativa mescla momentos de drama e suspense com, claro, ficção científica e ação. Por ser o primeiro livro da série, somos introduzidos aos personagen que protagonizarão todo o embate e, também, aos cenários e universos construídos pelo autor. No entanto, também há o desenvolvimento desses e uma evolução deles dentro do enredo principal.

O plot principal do livro gira em torno da busca por um novo planeta para a humanidade. Essa busca contará com percalços que não haviam sido imaginados anteriormente, quando em Terra. A história em si parte desse princípio e se desenrola em outros nichos, co a introdução de novos personagens e toda uma nova civilização que é descoberta no decorrer da história. Isso é só o começo do livro. Não vou me adentrar muito nesse ponto para não dar spoiler a quem for ler mas, no entanto, dou a dica para vocês prestarem atenção na seguinte palavra: Dreex.

O final do livro traz um turnover bem interessante, junto com um bom gancho para a continuação. Sem dar spoilers, mas teremos uma situação nova na narrativa, com a humanidade estando por um fio e tendo se extenuado ao extremo. É um plot comum em livros e filmes desse gênero, mas que prende o leitor e o deixa curioso por uma continuação.

Leitura recomendada para quem gosta de livros de ficção científica hard ou para quem quer começar a ler esse gênero sem se preocupar em encontrar um texto muito longo e fiar com medo de abandoná-lo.

O livro é baseado num jogo desenvolvido pelo próprio autor e que pode ser acessado por esse link: https://edio-felippe.itch.io/space-war. Quem me segue por aqui sabe que eu adoro um universo expandido e, nesse caso, também adorei esse toque de ser acessível ao público-leitor.
 
                                                                     

Onde comprar?