quinta-feira, 12 de setembro de 2013

[RESENHA] Adaptações Literárias


 Oi pessoal!

Nessa resenha eu falarei sobre três adaptações literárias de livros clássicos. Todas elas fazem parte da Coleção Primeira Leitura da Butterfly Editora e eu os solicitei por ficar interessado na temática de adaptações, desde que eu fiz a Semana Clássicos em HQ. Todos são livros de bolso e objetivam introduzir novos leitores no universo dos livros.




Editora: Butterfly
Páginas: 94
Publicação: 2007

Em A Ilha do Tesouro conheceremos a história de Jim Hawkins, um jovem que conviveu desde cedo com pessoas mais velhas, amadurecendo rapidamente e trabalhava na estalagem de seus pais. Ao hospedar o pirata Billy Bones, e ao este ser morto por outro pirata, Black Dog, Jim, em busca do pagamento pela hospedagem, revira o baú do hóspede, encontrando um mapa que levaria a uma ilha onde estaria escondido um tesouro enterrado pelo próprio Bones. A partir daí Jim segue uma jornada de aventuras para encontrá-lo.

Esse foi o primeiro livro dos três que peguei para ler, por ser o único em que eu tinha lido trabalhos anteriores do autor (O Médico e O Monstro). Trata-se de um livro de aventura infanto-juvenil em alto-mar. Gostei da leitura, tem ritmo ágil. Stevenson trabalha muito a dualidade humana (bem x mal) nos personagens desse livro, bem como ambição e até onde se vai por ela. Curiosidade: é desse livro que saiu a famosa frase "Ho,Ho, Ho, e uma garrafa de rum!".



Editora: Butterfly
Páginas: 88
Publicação: 2007

Um boato de que existe um terrível monstro marinho toma conta de Nova York. O Professor Annorax, narrador do livro, a mando do governo, entra em uma expedição para achar o animal. Durante a viagem, seu barco é atacado e, quando estava prestes a cair na água, sente que há um veículo metálico, de onde sai o Capitão Nemo, para salvá-los. A bordo do submarino Nautilus, muitas aventuras e descobertas serão relatadas.

Eu tinha muita vontade de ler algum livro do Júlio Verne, por ele ser considerado o pai do steampunk e por boa parte dos seus livros serem no formato de sagas. Mesmo essa sendo uma adaptação, deu pra matar um pouco da curiosidade. Por se passar no fundo do oceano, território que até hoje é pouco explorado pela Ciência, esse livro me despertou muito interesse na leitura. As descrições, mesmo que breve em virtude do resumo do texto, me deixaram fascinados. Era como se eu realmente estivesse olhando o fundo do mar. Pretendo ler mais livros do autor e também a versão integral desse titulo.


Editora: Butterfly
Páginas: 96
Publicação: 2006

Moby Dick é uma baleia assassina que vem matando marujos ao longo do tempo. Reza a lenda que que vai ao seu encontro nunca mais volta. O Capitão Ahab, que conseguiu sair vivo desse embate, foca em reencontrar a baleia para matá-la e vingar-se dos ferimentos (olho de vidro e perna de pau) que o deixou. Para isso reuniu um grupo de marujos a bordo do baleeiro Pequod. Ao navegar pelos mares do sul, o navio passará por uma rota de incertezas e perigos.

Esse foi outro livro que eu fiquei interessadíssimo em ler o original. Não tinha vontade de ler antes da adaptação, pelo pouco que eu sabia da história não me convencer, mas ao sentir os conflitos e o uso de um  animal como personagem principal fiquei com bastante vontade.


No geral eu sinto que as adaptações foram bem feitas, não atrapalhando as mensagens por trás dos livros. É claro que perde-se muita informação dos detalhes, das descrições e etc, mas, pelo menos em mim, o objetivo desse formato foi cumprido: fiquei com muita vontade de ler os três livros no original. Recomendo a todos que tem interesse em ler essas histórias clássicas, mas estão começando a se interessar por livros.

7 comentários:

  1. Bom, eu conheço esses livro, e são enormes!! Tomei um susto quando vi na caixinha os 3 livretos.
    Mas sabe o que eu acho legal, é que isso faz com que pessoas que não curtem muito a leitura de clássicos possam ler sem medo, e assim aprender a gostar.
    Vou passar esses 3 pro meu filho!!

    Bjkassss

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale!

      Eu tbm acho muito legal a atuação desses livros na formação de leitores. Muito bacana esse trabalho.

      Bjosss

      Excluir
  2. "Ho,Ho, Ho, e uma garrafa de rum!".
    Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh *0*

    Acho que irei comprá-los para presentear!
    Sou completamente a favor de presentear crianças com LIVROS, não apenas com brinquedos. Não sou mãe, mas, sei que é difícil educar... e tudo fica mais fácil, lendo junto livros bons e de fácil compreensão. *-*

    Nunca li nenhum, mas, sempre tive vontade.
    Acho que irei aproveitar também! :)

    Beijo, Marcos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda!

      Eu tbm sempre incentivo as crianças da minha família a ler. Livros nesse formato são ótimos pra isso.

      Bjossss

      Excluir
  3. Nossa! Que legal!!!
    Achei interessante que você citou O MÉDICO E O MONSTRO. Faz um tempão que corro atrás desse livro.

    Bem, essa é uma ótima forma de incentivo à leitura. E todos com menos de 100 páginas. Comecei assim a me apaixonar por livros.

    Passa lá no "Mergulhando Na Leitura". Será muito bem-vindo.

    Abraço!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou Ygo!

      Vc ainda não leu O Médico e o Monstro? Corre que é muito bom!

      Abraços!!

      Excluir