terça-feira, 27 de maio de 2014

[RESENHA] Reconhecimento de Padrões de William Gibson

Editora: Aleph
Páginas: 416
Publicação: 2013


Cayce Pollard é uma caçadora de tendências, profissional que trabalha analisando o comportamento das pessoas para buscar tendências no padrão comum, seja no que comer, no que vestir, quais lugares frequentar, etc. Como é muito boa no que faz e curiosamente tem alergia a marcas registradas, seus serviços são disputados por grandes corporações do mundo inteiro, uma vez que ela sabe indicar qual rumo tais empresas devem seguir. Logo ela receberá uma chamada para ir a Londres, investigar quem está por trás do "Filme", fragmentos de vídeos misteriosos que estão sendo postados na internet e que estão mexendo com a cabeça das pessoas. Ao aceitar a missão, Cayce começa a se envolver num emaranhado de situações perigosas, que podem colocar a sua vida e as de quem ela ama em risco.

Nossa protagonista entrará num jogo envolvendo grandes nomes da indústria, da máfia e da internet, além de uma grande gama de espiões contratados. Cayce passará por diversos cenários do crime mundial, desde os guetos londrinos até os centros das máfias russas e dos crimes cibernéticos japoneses. Em paralelo a isso, ela também tentará descobrir o paradeiro do seu pai, dado como desaparecido no ataque às Torres Gêmeas, no 11 de setembro de 2001. Esse segundo plot tem um bom desenvolvimento e um fechamento muito interessante.

O livro traz uma crítica bastante contundente à sociedade do consumo, que visa mais as marcas ao conteúdo. As superficialidades nesse tipo de relação são bem retratadas. Há muito de cultura pop no livro e há bastante influências da sociedade atual nele. A internet é uma das protagonistas dessa história. Se você é fã e a acompanha há algum tempo, como eu, adorará as referências, principalmente àquelas relacionadas às transformações pelas quais os computadores vem passando ao longo do tempo.

A leitura desse livro não é rápida, ele é para ser lido aos poucos. Demorei bastante em algumas cenas e tive que reler alguns parágrafos para conseguir entender a história. Há descrições demasiadas e algumas vezes desnecessárias, que nada acrescentam. A primeira coisa que senti ao ler o livro é a narrativa do William Gibson, que foge completamente ao comum das narrativas de livros policiais/de suspense atuais. Ele inverte muito a lógica das frases e foca bastante nos discursos e descrições, o que faz a leitura ficar lenta, confusa e um tanto enfadonha em alguns momentos. Com o avançar, a leitura melhora bastante, principalmente quando começa a se desenvolver o plot do pai da Cayce, mas isso ocorre da metade pro final. No mais é um bom romance policial, com boas doses de suspense e um bom desenrolar da história.

Recomendo para quem gosta de thrillers policiais com um pouco de suspense.

10 comentários:

  1. Gostei do enredo, só temo que não me acostume com o estilo de narração do autor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Monaiza!

      É, a narrativa dele é um pouco complicada mesmo...

      Bjosss

      Excluir
  2. Olá, Marcos
    Achei bem interessante o enredo desse livro. Somente é preciso se acostumar com o tipo de escrita do autor. Gostaria de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mônica!

      O enredo é ótimo mesmo, tem bastante gancho e prende bem. Mas a narrativa do autor peca bastante, uma pena...

      Bjosss

      Excluir
  3. Se eu me atesse só a capa, passaria longe do livro, por isso, agradeço pela dica, pois não conhecia o livro e é um gênero que eu adoro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rose!

      Eu gostei da capa, adoro capas brancas rs

      Bjosss

      Excluir
  4. Normalmente adoro livros de suspense, mas não fiquei muito interessada nesse. Acho que eu não conseguiria terminar a leitura, deviso ao estilo narrativo do autor.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Érika!

      Foi bem puxado conseguir ir até o final, pensei em algumas vezes abandonar mesmo...

      Bjossss

      Excluir
  5. Gostei do enredo do livro, mas não gostei dessa capa e acho que não conseguiria ler por causa do estilo de narrativa do autor .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica!

      Realmente o enredo é ótimo, mas a narrativa é que deixa a desejar. Não sei se daria uma nova chance ao autor... =/

      Bjossss

      Excluir