terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

[RESENHA] Despedaçada (Slated #3) de Teri Terry



Editora:  Farol Literário
Páginas: 398
Publicação: 2014

Resenha de Reiniciados (Slated #1)
Resenha de Fragmentada (Slated #2)


Kyla é uma jovem que vive em um mundo distópico, em 2048, em que jovens deliquentes passam por um tipo de lavagem cerebral em que todas as suas memórias são apagadas. Ela é uma Reiniciada. Porém, seu processo sofreu um pequeno equívoco: aos poucos ela consegue ter lembranças do seu passado, o que faz com que ela seja alvo constante de ataques do governo afim de liquidar a sua vida.

À medida que vai se lembrando de quem ela era e do que fazia, Kyla começa a desconfiar daqueles que a rodeiam. Seria Ben, um amigo que sempre esteve ao seu lado, confiável? Em virtude de tudo o que ele passou, seria ele um agente do governo infiltrado em sua vida, para lhe controlar? A verdade que ela tanto busca cairá como uma bomba em sua vida e transformará de vez toda a sua visão de mundo.

Despedaçada é o terceiro livro da trilogia Slated. Nele vemos Kyla indo a fundo em suas dúvidas sobre o governo que comanda a sociedade em que vive e descobrindo fatos assustadores. Agora, crianças estão sendo reiniciadas sem terem cometido o menor dos atos infracionários. Aparentemente está havendo um abuso de poder e autoridade por parte dos governantes em produzir em série jovens reiniciados afim de se manter a ordem e o controle.

A resenha ficará um pouco curta, pois, em virtude desse ser o terceiro livro da trilogia, há muitos spoilers sobre o enredo e sobre o passado da protagonista que se tornam pontos-chave da narrativa. Porém o que eu posso adiantar é que os níveis de ação e suspense continuam tão altos quanto nos dois primeiros livros. A narrativa de Teri é ágil e objetiva. Há alguns momentos de clímax em que a abordagem psicológica dos personagens, sobretudo de Kyla, são muito bem abordadas.

O final da história me agradou bastante. Teri conseguiu tirar o enredo dos comumentes triângulos amorosos que vemos com frequência nos livros distópicos infanto-juvenis atuais. Ao contrário disso, a tensão e a busca de respostas, elementos presentes nos três livros, fazem dessa trilogia uma das melhores no gênero. 

Recomendo muitíssimo a quem gosta de distopias que abordam o psicológico dos protagonistas e as teorias de dominação e controle do estado.
                                                                     

Onde comprar?

Um comentário:

  1. Esses livros parecem ser incríveis! Só de ver essa capa já me dá vontade de adquiri-lo! O mais legal ainda é que se passa em outro tempo, geralmente é no passado, mas essa história no futuro. Deve ser legal mesmo, hein!
    Abs

    ResponderExcluir