quarta-feira, 19 de agosto de 2015

[RESENHA] O Destruidor deCcorações (MMA Figther #1277) de Vi Keeland



Editora: Charme
Páginas: 277
Publicação: 2014


Elle tem uma vida estável, mas ela cada dia mais reconhece que está faltando algo. Exerce a função de advogada, tem um amigo com benefícios, mas apesar dele ser o homem perfeito para qualquer mulher não é responsável de fazer seu coração palpitar de forma diferente. Após um cliente aparecer no escritório, algo dentro dela desperta. Nico Hunter é um lutador de MMA famoso. Musculoso, rosto másculo e várias tatuagens cobrindo seu rosto, ou seja, tudo nele alarma perigo. O que seria apenas um trabalho profissional se torna em algo mais intenso. Os fantasmas dos dois se depararão e terão que enfrentar e decidir se essa relação tão avassaladora vale a pena investir.

 Um livro que no começo você percebe que trilhará o caminho do clichê, mas aos poucos a leitura se torna agradável, despertando a curiosidade e o clichê é o menor das preocupações.
            
Elle é uma personagem bem ambígua. Ela ao mesmo tempo tem uma personalidade forte e independente, também se mostra alguém dependente e submissa. O que não me incomodou, pois nos momentos de submissão era apenas em momentos de romance e nada abusivo. Ela guarda dentro de si um segredo do seu passado e que sempre a perseguiu, mesmo se relacionando com outros rapazes, nunca deu certo não somente por esse segredo, mas por não achar alguém que crie uma perspectiva no futuro. No entanto, quando ela se encontra com Nico tudo muda. Ele é o oposto que Elle está acostumada, porém ela decide que é o momento de viver de forma intensa, se entregar e ver o que no outro lado da moeda pode lhe oferecer. Nico também tempo algo no seu passado que o machuca e persegue. Duas dores similares, dois passados que se encontram e que serão a cura um para o outro.
            
Logo quando iniciei a leitura me atentei aos conflitos, pois normalmente esse tipo de livro sempre são os mesmos e o que torna algo totalmente previsível e quando a escrita não é envolvente, o que se torna entediante. Apesar da história conter bastante clichês, a autora soube trabalhar de uma maneira sensível, mudando minha concepção da história. A escrita também foi algo que me surpreendeu, muito ágil e fluida. Diálogos sensíveis, emocionantes e cenas intensas foram pontos altos para me instigar e fazer com que lesse de maneira bem rápida.
            
Os personagens são maduros e bem construídos. Nico me surpreendeu bastante por não ser somente um pacote um homem com trejeitos perigosos, mas isso se mostrou ser somente uma casca, pois dentro dele há um coração sensível e honesto. O que apenas me irritou foi o famoso amor instantâneo, não sabendo trabalhar tanto numa construção do relacionamento.
            
A história é narrada tanto pelo ponto de vista de Elle quanto de Nico. Há mais pontos de vistas de Elle, os de Nico mesmo tendo poucos, foram importantes em momentos propícios.

            
A obra é recomendada para aqueles que gostam de personagens lutadores, um romance sensível e intenso ao mesmo tempo. Uma escrita objetiva e uma leitura envolvente fez com que conseguisse entrar na história. O segundo livro contará a história do lutador Vince “o Invencível” Stone. 
                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário