quarta-feira, 16 de setembro de 2015

[RESENHA] A Escolha Perfeita do Coração (Batidas Perdidas #3) de Bianca Briones



Editora: Verus
Páginas: 149
Publicação: 2015

Viviane e Rafael agora enfrentam um novo desafio. Após superarem grandes tragédias em suas vidas, eles encontraram um no outro uma nova forma de seguir adiante, de conseguir forças para continuar. Porém, mesmo depois que tiveram o seu final feliz, eles ainda tem de superar desafios nessa nova etapa de suas vidas. Os fantasmas do passado de Rafael ressurgem e Viviane tem de lidar com eles novamente. Ele terá, então, que perceber que seu maior inimigo é si mesmo e que, caso não busque ajuda, poderá fazer sofrer aqueles a quem mais ama.

A Escolha Perfeita do Coração é o terceiro livro da série Batidas Perdidas, cujas resenhas dos dois primeiros vocês conferem aqui. Nele, teremos um conto do universo expandido do casal do primeiro livro, Viviane e Rafael, abrangendo um período de tempo que não é narrado na primeira história. 

Dos dois casais que já tiveram suas histórias narradas na série, Viviane e Rafael são, de longe, o que eu mais gostei da história. A construção deles, suas histórias pregressas e a linha narrativa do primeiro livro serviram muito para fazer a compreensão de suas motivações. Porém, nesse terceiro livro, esse fator foi muito reduzido, o que fez com que a leitura não me prendesse tanto. Basicamente todos os plots trazidos no primeiro livro foram abordados nesse. Senti que faltou algo de novo para abordar nesse casal. Durante todo o livro, tinha a sensação de que estava lendo mais do mesmo, sem descobrir algo novo dos personagens ou de sua história.

No mais o livro, que é bem mais fino que os dois anteriores, possui leitura rápida. Boa parte do texto é composto por mensagens de texto, o que faz com que a leitura voe nesses momentos. Os personagens do segundo livro, O Descompasso Infinito do Coração, também aparecem nesse.

Indico a leitura a todos que leram o primeiro livro e gostaram mas recomendo que vá sem grandes expectativas de buscar algo novo ou inédito na narrativa.

                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário