quinta-feira, 29 de outubro de 2015

[RESENHA] Escrito em Letra de Médico de Julio Pereira




Editora: Livrus
Páginas: 76
Publicação: 2013

Muito se fala sobre a relação médico-paciente no ambiente hospitalar, tem-se vários estudos sobre o assuntos, artigos sobre a psicologia desa relação, etc. Mas, raramente temos um relato disso sob o ponto de vista do médico, o profissional que lida todos os dias com diversos pacientes que, por sua vez, trazem para ele diversos sentimentos e situações diferentes. A imagem que construímos de um médico seria a daquele sujeito que teria cura para todas as coisas, que sanaria todos os nossos males e que seria frio de sentimentos, uma vez que ele teria sido treinado para tal.

Em Escrito em Letra de Médico temos justamente a quebra dessa imagem, mostrando que médicos também são seres humanos, que sentem, que tem suas percepções de cada paciente e que pensam acerca disso. Não somente isso, mas também entraremos na mente do autor, Neurocirurgião com quase 10 anos de experiência na área, e veremos como ele enxerga as coisas, suas reflexões sobre o seu cotidiano e suas percepções de sua vida de médico.

Os textos que eu mais gostei foram Oração, texto que abre o livro e traz uma prece a grandes nomes da ciência, os evocando; Relato de Caso - Pobreza Crônica, em que o autor faz um ótimo paralelo entre a relação da pobreza com a saúde e o descreve em forma de artigo científico; As Mortes, em que o autor reflete brevemente sobre os diferentes tipos existentes; e Omissão de socorro no Facebook, que é sensacional e mostra bem o que muitos dos médicos passam atualmente.

Esse livro é excelente, não somente para os profissionais da área de saúde, mas também para o público leigo nessa ciência, uma vez que se tem uma maior aproximação da percepção que um médico tem de sua profissão. Julio conseguiu imprimir uma linguagem que não usa de termos complicados ou conceitos restritos aos estudiosos do assunto, mas sim de uma coloquialidade que é acessível para qualquer leitor. A ideia não era criar mais um livro de não-ficção sobre o exercício da medicina, mas sim de uma conversa mesmo, quase num tom de desabafo, de um profissional a respeito do dia a dia de seu trabalho.

O autor coloca em sua narrativa elementos de realismo social mesclando com o contraste científico presente em sua profissão. Em alguns textos também se vê o humor que Julio traz, pressente em breves ironias em todo o texto, o que me agradou bastante. Há o uso de alguns termos médicos, mas nada que atrapalhe a leitura e o entendimento do texto e também nada que uma rápida busca no google não sane.

Recomendo para todos os públicos. É uma leitura rápida, leve, que pode ser feita em uma tarde e que nos faz refletir, ao mesmo tempo que nos diverte em alguns momentos. O livro também já existe em língua inglesa e está disponível nos formatos de ebook e livro físico.

Para encontrar o autor e a obra, seguem os links abaixo:

http://neurocirurgiabr.com/
http://www.facebook.com/pages/Neurosurgery/243466825672369
http://twitter.com/neurocirurgiabr
http://www.youtube.com/user/neurocirurgiabr?blend=1&ob=video-mustangbase
                                                                     

Nenhum comentário:

Postar um comentário