segunda-feira, 9 de novembro de 2015

[RESENHA] Após Um Tumor Cerebral de Julio Pereira



Editora: Livrus
Páginas: 96
Publicação: 2013

Um médico, neurocirurgião, descobre que está com um tumor no cérebro e por conta disso resolve registrar em um livro as suas memórias dos vários anos de profissão. No seu dia a dia lidando com pacientes com diversas doenças e advindos de diversos lugares, ele encarou diferentes situações, o que faz da sua vida no mínimo interessante. Temos desde o paciente chato, que questiona tudo e quer os mínimos detalhes de cada termo, até os mais bem-humorados, que sempre iluminam o seu dia no consultório. Ao longo de sua cainhada, observamos como o médico, que não tem seu nome revelado, lida com a descoberta de sua doença e, ao mesmo tempo, como isso influencia a sua vida cotidiana profissional.

Após Um Tumor Cerebral é o primeiro livro ficcional de Julio Pereira, também médico neurocirurgião, como seu protagonista. Seu livro anterior, Escrito em Letra de Médico, também tem resenha aqui no blog (basta clicar aqui para conferir). Nele vemos uma jornada de um homem só, cuja maior ironia da vida foi ter em si a doença que tanto curou nos outros. Temos o controverso, o contraponto, a pura ironia da vida em lhe colocar em uma situação conflitante. Acerca de suas reflexões sobre a vida e a morte, temos também a sua visão de mundo das coisas que lhe rodeiam, sobretudo do ambiente hospitalar onde trabalha e do seu lido com os pacientes, diariamente.

É bastante perceptível a influência que a profissão do autor tem em sua obra. Tanto no livro anterior quanto nesse, percebemos que Julio usa de sua experiência profissional para elencar cenas e personagens de sua história. Um dos pontos que mais gostei no livro é usar do ponto de vista do médico. Geralmente temos a visão de pacientes que estão com algum tipo de mal, mas nesse caso essa situação se inverte. O médico, que normalmente é descrito como coadjuvante, e que raramente tem um forte papel nas tramas com essa premissa, aqui tem papel principal. E não só isso, podemos adentrar nesse universo, lendo o que os profissionais desse ramo passam na pele, o que eles tem de escutar todos os dias de seus pacientes e o que pensam de toda essa situação.

E esse é o grande diferencial desse texto. Ao abordar esse ponto de vista, começamos a perceber que os médicos, que estão sob pressão e estresse o tempo todo, não são os super-homens que tem a cura para todas as doenças da vida, mas que sim eles também tem seus medos, suas angústias, suas falhas e seus sentimentos. Afinal, não deve ser fácil ouvir "Doutor, minha vida está em suas mãos" todos os dias e sair imune disso.

Outro ponto de destaque é a crítica social que o autor traz em sua escrita, já levantada no primeiro livro. Julio mostra como todos somos humanos, do rico ao pobre, do inteligente ao que não teve a oportunidade de aprender. Todos são passíveis de apresentar algum mal, ninguém está imune.

Eu sou um apaixonado por medicina, já deixei isso claro algumas vezes aqui no blog, e, claro, por conta disso devorei o livro praticamente em uma noite. Mas, independente de gostar ou não dessa ciência fascinante, a história prende o leitor pelo seu enredo. Por isso, recomendo a todos que gostem de livros com a temática de sick-lit, mas com o viés mais adulto, fugindo aos padrões dos YAs.


Para encontrar o autor e a obra, seguem os links abaixo:
http://neurocirurgiabr.com/http://www.facebook.com/pages/Neurosurgery/243466825672369http://twitter.com/neurocirurgiabrhttp://www.youtube.com/user/neurocirurgiabr?blend=1&ob=video-mustangbase                                                                   
Onde comprar?Amazon BR - http://oferta.vc/mMCu (Em português)
Amazon USA http://www.amazon.com/Thoughts-From-Hospital-J%C3%9ALIO-PEREIRA-ebook/dp/B00IJCYR1Y/ref=pd_rhf_ee_p_t_1_4GZA (Em inglês)
Livraria Cultura - http://oferta.vc/mMCJiBooks (Apple Store) https://itunes.apple.com/br/book/escrito-em-letra-de-medico/id663811387?l=en

            

Nenhum comentário:

Postar um comentário