sexta-feira, 13 de novembro de 2015

[RESENHA] O Encantador de Flechas e A Estrela dos Mortos (Supernova #1 e #2) de Renan Carvalho

Olá, leitores!

Hoje eu trago mais uma resenha dupla aqui no blog, só que dessa vez dos dois primeiros livros de uma série fantástica nacional publicada pela Novo Conceito. Vamos ver o que eu achei de adentrar a esse universo? =D

Como sempre faço nesse tipo de resenha, primeiro vou falar um pouquinho do que se trata cada livro e depois faço um apanhado geral da minha experiência de leitura, ok? ;)



Editora: Novo Conceito
Páginas: 440
Publicação: 2015

Ao longo do tempo a humanidade aprendeu a usar a Ciência e os fenômenos da natureza ao seu favor. Ao observar tudo o que acontecia, o homem pode dominar e tirar bom proveito de tudo o que lhe rodeava, sobretudo a energia, matéria-prima de tudo o que existe. Foi manipulando esse elemento que conseguiu-se o desenvolver de uma sociedade salutar e próspera. Porém, até mesmo o melhor dos objetos pode ser usado tanto para o bem quanto para o mal...

A cidade de Acigam está enfrentando uma ditadura que já dura anos. Uma Guerra Civil é prenunciada por dois grupos que lutam por diferentes frentes. Os Guilda, magos que formam o grupo que usam os ensinamentos das Ciências das Energias para exigir direitos da população. Do outro lado tem-se um governo tirano, que fará de tudo para matar cada integrante do opositor. Munido de seguranças especializados em aniquilar os Magos.

Nesse universo conheceremos Leran, um jovem que sonha em dominar a Ciência que aprende secretamente com o seu avô. No meio do cenário político que se instaurou na cidade, ele entrará para os Guilda e verá em sua habilidade de encantar objetos uma forma de conseguir fazer com que os rebeldes ganhem esse duelo.





Editora: Novo Conceito
Páginas: 480
Publicação: 2015

Leran agora está em uma nova configuração de vida. Longe de sua cidade natal, ele terá que ajudar a sua irmã Luana a administrar os seus poderes. Em virtude do ocorrido no primeiro livro, ele agora foge de caçadores mandados pelo governo para descobrirem a sua localização. No meio de sua jornada ele encontrará pessoas que o ajudaram e outras que não o querem tão bem assim.

Em paralelo a isso, conheceremos Tlavi, jovem Estrela da Cura, que usa seus poderes para uma missão que lhe é dada. Agora teremos outra cidade como o palco da história principal: Sonatri ou O Reino Central. É lá onde esse personagem vive, um local rodeado de luta pelo poder e cobiça pela política do local. Quando seu destino cruzará com o de Leran, uma série de acontecimentos marcará a vida de ambos.



Sempre fui interessado em ler esses dois livros de Renan Carvalho, uma vez que adoro livros de fantasia. E, para a minha surpresa, acabei gostando muito do universo criado por esse autor e, sobretudo, pela construção dada a seus personagens. 

No primeiro livro conheceremos Leran, nosso protagonista nessa jornada. Ele segue bem o formato de narrativa da jornada do herói, em que o personagem começa como um mero qualquer e acaba desenvolvendo habilidades, ao longo de um período em que uma série de acontecimentos acontece.

O segundo livro é típico de transição de uma série e, por isso, teremos menos ação que no primeiro, além de ter o protagonista em um período de mudança contínua. Não posso falar muito mais sobre, tanto na sinopse quanto aqui, para não dar spoiler a quem não leu o primeiro tomo, mas já adianto que se você leu e gostou, vai amar esse também.

Recomendo a todos que gostem de livros de fantasia ou que queiram começar a se enveredar por esse gênero, sem pegar algo muito pesado e complexo, mas sim uma leitura leve e divertida.                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário