segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

[RESENHA] Voos e sinos e misteriosos destinos, de Emma Trevayne

 

Editora:  Seguinte
Páginas: 306
Publicação: 2014

Há dois tipos de portas no mundo. A primeira são as tradicionais que entramos e saímos constantemente. A segunda é a que dá a possibilidade de entrar em outro mundo. Jack Foster é um garoto que vive em um colégio interno, seus pais não dão muita atenção para ele. Quando ele conhece o misterioso mágico Lorcan Havelock, sua curiosidade para aprender a fazer mágica é muita. Porém, o garoto não sabe que que Lorcan está em busca de um menino para ser filho da Senhora, rainha de outro mundo. Seguindo, então o mágico, Jack entra em uma porta mágica. De Londres para Londinium, ele viverá grandes emoções. Depois de uma acontecimento só há um jeito para voltar para casa, ele terá que se arriscar e acreditar naquilo que muitos pensam ser inexistente.


Tenho que confessar que minha curiosidade com esse livro foi com a capa. Um desenho perfeito e chamativo nos dá um pequeno cisco do que pode ser. Ao ler a sinopse me lembrei bastante da obra de Neil Gaiman, Coraline. Pelo fato de uma criança ir para outro mundo e um outro ser está em busca para ser seu filho. No entanto, no decorrer da leitura essa semelhança torna-se irrelevante com o tamanho do conteúdo e diferença que a obra tem com a de Gaiman.

Jack é um garoto curioso e ama aventuras. Além de não ter medo de nada, ele também ama desafios e descobrir coisas novas. Isso é um prato cheio quando o mágico Lorcan aparece em sua casa. Ao adentrar ao mundo de Londinium, percebe-se que seus moradores são bem diferentes, parte carne e outra metal. Um céu cinzento com fumaças e um ar carregado de fuligem. Porém, ele não estará só nesse aventura, aparecerão pessoas especiais que farão diferença tanto em sua busca e seu destino.

Este steampunk juvenil é narrado em terceira pessoa, ou seja, o foco não é somente em Jack, mas também em outros personagens que nos faz entender mais sobre o mundo de Londinium. Toda a trama é carregado de mistério, pois entramos a esse novo mundo juntamente com o protagonista, descobrimos como de fato funciona essa cidade através da curiosidade de Jack. Isso foi um dos fatores que me fizeram me apaixonar pela história, pois através do desenvolvimento da trama e a escrita de Emma, conseguimos nos envolver, nos identificar e ficar apreensivos a cada página com que vai acontecer com o menino Jack.

Este é um livro indicado para o público juvenil e que ama essa vibe steampunk. Com um mundo feito de ferros e engrenagens, com fadas e outros seres fantásticos, constrói uma trama com muita aventura garantida para o público. Lições como: companheirismo, solidariedade e generosidade são encontradas em “Voos e sinos e misteriosos destinos”. Através da escrita de Emma Trevayne conhecemos um novo mundo através dos passos de um garoto aberto a conhecer e viver coisas novas... Ah e uma escrita viciante que fará o leitor não parar de ler do começo ao fim.

                                                                     

Onde comprar?

2 comentários:

  1. Eu gostei de conhecer o livro, a capa me lembra muito a do livro O Miniaturista, gostei da resenha e acho bem interessante quando o foco do livro não é só em um personagem.

    ResponderExcluir
  2. Essa capa é maravilhosa, já li várias resenhas desse livro, e a cada uma que leio quero muito ler o livro, e é claro que com a sua resenha não foi diferente. Amo livros de fantasia, com mundos paralelos, estou louca para saber quais serão essas 'grandes emoções' que Jack vai viver em Londinium. Livros ganham muitos pontos quando me prendem do inicio ao fim, e outra coisa também que adoro é livros que passam alguma lição, como citou no final da resenha. Ele já estava na minha lista, mas agora vai para o topo, quero ler ele em 2016 com toda a certeza.
    Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir