quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

[RESENHA] Pela lente do amor, de Megan Maxwell

 Editora: Essência
Páginas: 432
Publicação: 2015

Ana há sete anos se mudou para Espanha. Ela nasceu em Londres e vivia com sua família, mas após um acontecimento infeliz e uma proposta de emprego como fotógrafa em uma revista, tomou uma decisão de mudança e a oportunidade de recomeçar. Esses anos que se passaram ela se transformou em uma fotógrafa independente com seu estúdio. Em um dia de trabalho, bombeiros chegam ao seu estúdio e Ana e todos que estão no local são obrigados a evacuarem, pois o apartamento de sua vizinha está incendiando. Ao avistar um específico bombeiro que salvou a vida de sua vizinha, algo dentro dela muda, um frio na barriga se espalha e sua boca fica seca.

Mas mal sabe ela que o destino será favorável com ela e fará com que se encontre com ele novamente. Mas como o destino é favorável, também pode pregar peças. Rodrigo é bombeiro, protetor, leal com suas amizades, é um homem que quando chega em um lugar as pessoas o olham mais de uma vez. Ele e Ana tem uma relação amigável. Ana é romântica e está totalmente apaixonada por ele, mas o bombeiro é mulherengo. Muitas mudanças vão acontecer na vida de Ana e ela terá que estar preparada para enfrenta-las. Uma relação onde o amor é capaz de mudar e deixar todo sentimento de orgulho e egoísta de lado.

Quando fui ler "Pela lente do amor", fiquei bem temeroso, pois li a trilogia "Peça-me o que quiser", da mesma autora e não gostei tanto.  Meu receio era dele ter colocado as mesmas coisas que ela pecou em um livro no outro. Porém, as primeiras páginas isso já caiu por terra e fiquei fascinado com a história.

Ana é uma mulher independente, que deixou todo luxo do seu lar, em Londres, para se mudar para Espanha. Lá ela é uma fotógrafa que foi conquistando seu espaço. Divertida, amiga e romântica, isso e muitas outras características a fazem ser uma mulher tão agradável de estar ao seu lado. Rodrigo, a paixão de Ana, é um homem de belo porte, leal e protetor. Para o rapaz a relação com a moça é apenas de amizade, pois ela aceita esse título, mas as coisas vão mudando ao ponto dela não suportar mais. As circunstâncias da vida fazem com que Ana tome um choque de realidade e um passa para coisas novas em sua vida. 

O que despertou o interesse pela história foi a forma de como foi se desenvolvendo. Há clichês? Com certeza, mas bem escrito. Há toques imprevisíveis que foram a cereja do bolo para que se transformassem em uma leitura envolvente e apaixonante.

Os personagens são muito bem escritos e bem humorados. Circunstâncias e diálogos engraçados são nos apresentado com esmero, que conseguem nos arrancar boas risadas. Os personagens secundários também são bem explorados e conseguimos logo nos identificar com eles. 

A escrita de Megan me surpreendeu muito e conseguiu me envolver do começo ao fim. Li em dois dias - para mim isso é muito para um livro com mais de 400 páginas -, para conseguir fazer isso é porque a obra está me conquistando.

Para quem é fã de um bom romance, recomendo "Pela lente do amor". Uma premissa instigante e uma escrita envolvente, fará com que o leitor a partir do momento que começar a lê-lo não irá parar enquanto não acabar. 
                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário