terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

[RESENHA] Se Eu Morrer (Revenants #3) de Amy Plum


Editora: Farol 
Páginas: 512
Publicação: 2015


Vincent agora passa por uma nova fase. Após todos os acontecimentos e traições vividas por ele no passado, ele agora está literalmente entre a vida e a morte. Mas Kate não se contenta com essa situação e está disposta a fazer o que for preciso para ter seu amado de volta. E por qualquer coisa inclui também se entregar para os seus maiores inimigos. O inimigo está disposto a controlar a vida de todos os franceses, fazendo uma grande manada de revenants, para uma grande guerra. Caberá a nossa protagonista o papel de salvar toda a humanidade de um terrível fim. 

Se Eu Morrer é o terceiro e último livro da trilogia Revenants, cujos dois primeiros volumes tem resenha aqui no blog. Nesse tomo teremos todos os desdobramentos do livro anterior, além do encaminhamento da história para o seu grande desfecho.

Tenho uma relação de amor e ódio com essa trilogia. O primeiro livro foi muito bom, lembro que devorei a leitura rapidamente. Mas o segundo foi decepcionante, se tornando uma leitura arrastada e sem grandes acontecimentos, apenas quando estava mais próximo ao final. Logo, minhas expectativas estavam baixas para esse terceiro tomo também.

Acredito que nesse livro, há uma mescla do que foi a leitura dos dois primeiros para mim. Algumas partes empolgam bastante o leitor, sobretudo nas partes de ação, mas na maioria dos casos a história é previsível. O desfecho então, nem se fala. Eu já sabia do que iria acontecer desde o primeiro parágrafo da história, o que me frustrou bastante.

A narrativa da Amy Plum segue a fórmula típica dos romances sobrenaturais YA, com mescla forte de romance com ação. Há muitos elementos presentes em outras histórias, sobretudo na saga Crepúsculo. Achei o final, inclusive, muito parecido entre ambas as séries.

No mais, acredito que essa é uma trilogia para quem gosta do gênero, sobretudo por trazer um ser sobrenatural que é pouco utilizado nessa literatura. Mas se você, assim como eu, já está saturado desse tipo de história, se prepare para ter uma leitura pouco empolgante, com mais do mesmo.

                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário