quarta-feira, 23 de março de 2016

[RESENHA] Aprendendo a Seduzir de Patrícia Cabot

 


Editora:  Planeta
Páginas: 368
Publicação: 2015


Caroline Linford está apaixonada e noiva de Hurst Slater. Ele tem um charme indiscutível, sua beleza é encantadora e ainda por cima salvou o irmão de Caroline após de um tiro no peito. O amor de Caroline é o sentimento ideal que costuma ler em seus livros românticos. Porém numa noite isso tudo vai ao chão. A bela dama flagra seu noivo com outra mulher. Ela não faz nenhum alarde, apenas tem a esperança de recuperar aquilo que pode ter perdido no meio do caminho com Hurst. Ela então irá conversar com Braden Granville, mais famoso como Lothario de Londres, um libertino de carteirinha. Mas ela sabe que ele conhece as mulheres e o que faz com que elas fazem para conquistar e seduzir um homem, e ainda por cima sabe: como fazer amor. O que deveria ser apenas uma lição e uma barganha por ela ter uma informação que agrada Braden muitíssimo bem, os sentimentos vão além do profissional e ultrapassam a linha da excitação e atração. Eles deverão agora arcar com essa avalanche de sentimentos novos, uma atração nunca sentida por eles. Será que a lição irá para a prática e ir além disso? Ou será a sentença de uma vida arruinada para Caroline e mais uma mulher na vida de Braden?

Patricia Cabot, pseudônimo de Meg Cabot para livros de romance histórico tem a fama de ter em suas histórias mocinhas avançadas no tempo por seus comportamentos decisivos e personalidade forte e uma história de amor contendo uma trama envolvente e atrativa. Mais uma vez ela não me decepcionou.

Caroline Linford é uma personagem que consegue atrair ao leitor a conhece-la melhor. Ela é uma enigma, pois sua personalidade é ambígua. Em um momento ela é tímida e ingênua, por não conhecer muito sobre a vida. No entanto, seu outro lado é forte, com opiniões e argumentos fundamentados. Apesar de estar numa época em que o machismo é gritante, ela não se prende a isso e caminha com seus próprios pés e com decide com sua própria cabeça as objeções que aparecem no seu caminho. Ela é uma dama, quando que uma mulher flagra seu noivo com outra mulher e ficará calada? Ela é apaixonada ao ponto de procurar alguém experiente para trazer seu noivo para seu lado e fique perdidamente apaixonado por ela novamente. Seu professor, Braden Granville, é um cavalheiro não por nascença. Ele nasceu na pior região de Londres, um lugar perigoso e com uma má reputação. Braden entrou no mercado de armas e conseguiu crescer e estar em um nível da sociedade que participa de bailes e outros eventos sociais. Ele é frio, calculista e não tem nenhum sentimento e perspectiva de se prender a uma mulher. Mas com Caroline foi diferente, sua ingenuidade foi um dos fatores mais fortes que o atraiu, mas ele sabe que ela o chamou por ter uma reputação de mulherengo e que é capaz de ensiná-la, em troca de uma informação importantíssima que ela tem e poderá interferir em seu futuro.

A história se passa em 1870, em Londres e podemos transportar na história de maneira natural, um jeito que só Patricia Cabot consegue levar. Uma narrativa em terceira pessoa e que nos dá uma visão panorâmica de todos os personagens, com suas ações e segredos. A história contém a história principal e secundária e que há uma ligação e percebemos no decorrer da narrativa.

Os personagens são marcantes, com personalidades que consegue trazer uma empatia e outros sentimentos ao leitor quando ele lê a trama. Com conflitos bem desenvolvimentos e diálogos construídos com esmero, Patrícia consegue trazer uma trama envolvente, instigante e capaz de fazer com que o leitor comece o livro e não consegue mais parar.

Para os fãs de romance histórico, “Aprendendo a Seduzir” é uma ótima indicação. Caroline é uma personagem nada dramática – apesar de ter seus momentos, mas não é o que prevalece. Braden é frio, mas que vai se quebrando aos poucos. Uma história contendo um drama e com seus momentos cômicos e ácidos, a obra foi uma ótima leitura.
 
                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário