sexta-feira, 25 de março de 2016

[RESENHA] Nunca Jamais (Parte 1) de Colleen Hoover e Tarryn Fisher



Editora: Galera Record 
Páginas: 192 
Publicação: 2015


Charlie e Silas perderam suas memórias. Os dois de súbito são despertados em meio de uma sala de aula, cujo suas mentes estão limpas e intactas. Eles não sabem quem são aquelas pessoas, onde estão e muito menos quem são eles. Charlie tem uma família desestruturada, a mãe é alcoólatra, tem uma irmã mais nova e seu pai está preso. Por outro lado, Silas tem uma família privilegiada com seus pais e seu irmão mais novo em morar em uma área nobre da cidade.
Eles terão agora o desafio de redescobrir todos os passos de suas vidas, do mínimo detalhe para não se passarem de loucos. Charlie e Silas saberão que era um casal, mas nenhum sentimento ou qualquer familiaridade para mostrar algum indício de suas histórias é lembrado. Agora eles vão se conhecer e saberão que quanto mais descobrir mais de si mesmos, mais irão perceber o quão intenso as suas vidas são.
Pela sinopse já nos mostra uma narrativa instigante e algo no ar que o livro poderá ser arrebatador. Sem sombras de dúvidas isso é verdade. Já conhecia a escrita de Colleen, então já previa alguns momentos emocionantes. No entanto, esse é o meu primeiro contato com Tarryn, apesar de conhecer algumas de suas obras e ter muito curiosidade de lê-las. Essa parceria me surpreendeu positivamente e a fusão da criatividade e da personalidade de cada uma transformou em uma obra fascinante.
Charlie é uma menina que desperta no meio da sala e todos os alunos estão olhando para ela. Ali é o primeiro passo para saber em que razão e circunstância ela não sabe de maneira nenhuma onde está. Silas também vivencia a mesma coisa, apenas através de seus amigos que ambos descobrem que eram namorados. Porém, a cada encontro com alguém é uma surpresa diferente e verão o quão diferentes são.
Essa é uma obra de ficção que tem uma moral explícita no decorrer da leitura. Charlie e Silas tem uma oportunidade de redescobrir o passado e ter a decisão de mudar os seus futuros. Eles verão falhas no meio do caminho que terão a escolha de mudar o percurso e aprender com seus erros.
Colleen e Tarryn fizeram uma parceria com muito esmero. Normalmente quando há uma parceria entre autores conseguimos identificar traços de cada entre a história. Dessa vez não. Elas conseguiram fazer uma obra homogenia e com uma escrita instigante e envolvente.
Para quem é fã de Colleen, mergulhe de cabeça sem reservas. Essa também é uma oportunidade de conhecer Tarryn, que também é uma autora de sucesso lá fora com a trilogia “Oportunista”. Essa é uma história que mistura o real com a fantasia, porém há uma linha de coerência que não confunde o leitor. Essa é a primeira parte dessa história, já adianto que o final há um grande cliffhanger, ou seja, se você é ansioso, prepare-se.
Onde comprar?


3 comentários: