segunda-feira, 18 de abril de 2016

[RESENHA] Rosto Bonito de Sable Hunter



Editora:  
Páginas: 
Publicação: 
Após Cody sofrer um abuso sua vida nunca foi mais a mesma. Ela tem uma cicatriz em seu rosto que a marcou e evita das pessoas verem. Ela é uma das sócias de um site de relacionamentos e um dia ela se aventurou em conversar com alguém. No entanto, ela nunca pensou que aconteceriam duas coisas: ela se apaixonaria perdidamente e mentiria sobre sua identidade. Ela conhece Hunter, um homem que mantém contato há dois anos. Hunter pensa que Cody é Saige, uma mulher sensual e linda. Ele em nenhum momento pensa que Saige está mentindo e mergulhou de cabeça nessa história, ao ponto de se apaixonar e ficar ansioso por cada encontro para teclar. Porém, Hunter está cansado de se satisfazer apenas por palavras em mensagens de texto e telefonemas. Ele quer mais, ele quer encontrar pessoalmente com Saige. Isso será um grande problema para Cody. Ela sabia que iria contar a verdade para ele, mas não tão inesperadamente ao receber a notícia de Hunter que está viajando para sua cidade para encontra-la.
Um livro fino e que não estava tão empolgado para ler, mas isso mudou nos primeiros capítulos. Uma história tão comum no nosso cotidiano, que tive que dar uma oportunidade para a trama e quem sabe me envolver e conhecer mais sobre a história de Cody e Hunter. Pois é, me envolvi.
Cody é uma mulher independente, empresária, professora e pesquisadora em uma universidade. Ela poderia ser uma mulher realizada e feliz, mas o seu passado tem grande responsabilidade do que fez com que ela se transformasse na pessoa do presente. Cody foi abusada por alguém que marcou seu rosto. Sempre foi chamada pelo pai de “rosto bonito”, mas no seu interior após o ocorrido tão traumático não se sentia mais linda. Ela se sentia segura e confortável ao conversar anonimamente. A pessoa com quem ela começa a conversar é Hunter, um carpinteiro com o corpo definido e que está apaixonado por ela. Cody sempre se sentia mal por mentir, mas ela não via outro caminho a não ser fingir ser outra pessoa, para se sentir desejada e amada. Pois a certeza que ela tem é: quando Hunter souber da verdade, jamais irá querer ficar com ela.

"A beleza exterior não é tudo o que atrai alguns homens. Durante o tempo que vocês estiveram juntos, ele  viu o seu coração, tocou o seu espírito e se conectou a sua alma."

“Rosto bonito" é uma trama muito real na nossa atualidade. Lembro-me de ouvir vários casos de anos e anos atrás sobre pessoas que foram enganadas por alguém através de bate-papo e outros meios para se conhecer pessoas. Hoje em dia isso não é tão mais fácil de enganar por conter tantas ferramentas para ver alguém do outro lado da tela. Porém há duas pessoas nesse mundo de relacionamento virtual: Primeiro são os que acreditam e se deixam levar com toda história que a outra pessoa conta. Segundo são as pessoas que não acreditam e querem alguma prova plausível, para então confiar. Hunter faz parte do primeiro grupo. Ele ficou dois anos mergulhado nessa história somente recebendo mensagem de texto, telefonemas e fotos de determinadas partes do corpo de Saige. Parece até irreal.
A escrita de Sable foi construída de maneira objetiva e clara. Soube passar uma mensagem e juntamente com a trama transmitir uma lição. A história de Cody é comovente e me identifiquei com ela. Os personagens são bem construídos e toda a trama se desenvolveu de forma natural e instigante.
Para quem é fã de romance, “Rosto bonito” é recomendado. É um livro “ok”, sem grandes ressalvas. Ele tem uma leitura ágil, pois tem 117 páginas. Os personagens são empáticos e as cenas bem elaboradas. Uma obra de ficção, mas capas de passar ao leitor uma narrativa real e tão comum em nosso meio.

Onde comprar?


2 comentários:

  1. Oi, Lucas.
    Eu tô com uma baita indecisão sobre o livro. Baixei ele tem um tempão mas ainda não sei se devo ler, esse negócio de mentir sobre quem é mexe muito comigo e ás vezes fico frustrada por existir personagens assim. Espero conseguir resolver meu dilema. Sua resenha está maravilhosa!
    Beijos. Participe do sorteio do Leitora Encantada!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lucas.
    Eu tô com uma baita indecisão sobre o livro. Baixei ele tem um tempão mas ainda não sei se devo ler, esse negócio de mentir sobre quem é mexe muito comigo e ás vezes fico frustrada por existir personagens assim. Espero conseguir resolver meu dilema. Sua resenha está maravilhosa!
    Beijos. Participe do sorteio do Leitora Encantada!

    ResponderExcluir