sábado, 7 de maio de 2016

[RESENHA Primeiros Contos de Truman Capote



Editora: José Olympio
Páginas: 160
Publicação: 2016

Primeiros Contos é uma coletânea de textos do escritor estadounidense Trumam Capote. Esses são textos que foram encontrados por seu agente literário em um arquivo seu na Biblioteca Pública de Nova Iorque. Todos foram escritos durante a juventude do autor, na época de sua adolescência, quando ele começava a praticar a sua habilidade com a escrita.

Meus contos favoritos dessa seleção foram: Hilda, em que há uma excelente demonstração do papel da mulher na obra Capoteana; A Mariposa no Fogo que traz a efemeridade presente na relação vida e morte; Isto é Para Jamie, em que Capote usa de um recurso que adoro em livros: perspectiva infantil para temas polêmicos e delicados. Percebe-se que o autor tem um bom domínio desse recurso, mas que deve ter melhorado muito em sua obra futura a esses escritos.

Este foi meu primeiro contato com a narrativa do autor. Sempre tive vontade de ler outros livros dele, como A Sangue Frio e Bonequinha de Luxo, da qual já vi a adaptação para o cinema e é um dos meus filmes favoritos. Acredito que essa coletânea é um excelente ponto de partida para se ler Capote. Já percebemos claramente as linhas narrativas que o autor adotaria ao longo de sua carreira, como o foco maior nos personagens, a boa observação das pessoas e a tendência ao realismo contundente, que beira o pessimismo. Alias, essas são características também muito presentes nos textos de Ernest Hemingway, um dos meus autores favoritos, o que me fez ficar ainda mais apaixonado pela escrita de Truman.

Capote é um excelente retratista. A forma como ele observa o mundo e as pessoas fica claramente mostrada em seus escritos. É como se ele coletasse tudo o que vê ao seu redor, sobretudo no que tange às pessoas e suas personalidades, e colocasse aquilo como ficção, no papel. Esse foi, para mim, a principal característica de sua narrativa.

É importante ressaltar que esses são apenas os primeiros escritos que se tem registro do autor. Deve-se ler o livro inteiro sob essa ótica, percebendo o quão a narrativa dele evoluiu a partir desses primórdios. Como falei anteriormente, isso faz com que esses contos sejam uma ótima porta de entrada para a obra do Capote e para se ter um primeiro contato com o autor.

Recomendo a todos que gostam da obra de autores como Hemingway e que queiram dar uma chance a Capote, ou até mesmo aos que querem sair de sua zona de conforto, mas sem narrativas muto rebuscadas ou textos muito difíceis.

                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário