quarta-feira, 8 de junho de 2016

[RESENH] Você se lembra de mim de Megan Maxwell

 

Editora: Essência
Páginas: 496
Publicação: 2016

Alana é uma jornalista independente e ama o que faz. Ela não acredita no amor, pois um dia foi iludida, desde então seus relacionamentos são passageiros e nenhum compromisso. Ela trabalha na revista Exception, em Madri. Quando enviada para Nova York para escrever uma matéria, conhece o charmoso Joel Parker.
Porém, tudo o que ela não quer é dar seu coração a outra pessoa novamente, outro quesito para não se apegar a ninguém é não se envolver com militar, pois não queria sentir na pele o que sua mãe viveu um dia. Mas não controlamos nosso coração e Alana se envolve com Joel, capitão da Marinha americana. Ela terá que tomar uma decisão: entrar neste relacionamento por completo e correr o risco de ter o coração despedaçado ou se afastar de algo, cujo passado de sua mãe poderá assombra-la pro resto da vida.
Este não é o primeiro contato com a autora. Confesso que os primeiros livros que li não me agradou nenhum pouco, mas a obra “Pela lente do amor” mudou minha opinião com relação à Megan. Não estava com muitas expectativas com “Você se lembra de mim”, pois a capa não me chamou atenção. A sinopse acendeu alguma luz da curiosidade, mas nada ao ponto de ansiar por lê-lo. No entanto, as primeiras páginas minha opinião mudou completamente: de longe essa trama é a melhor que já li da autora.
Há duas histórias contidas. A primeira é de Carmen, mãe de Alana, que mudou com sua irmão, Loli, para Alemanha. O objetivo das irmãs era ter uma vida melhor e conseguiram trabalho em uma fábrica. Naquela cidade conheceram Tereza e Renata, duas moças diferentes, mas com o coração nobre. A trajetória de Carmen resume pela sua persistência e a busca pela felicidade, sentimento esse que aumentou após conhecer o cabo Teddy. Um casal lindo e inspirador, mas o destino tinha outros planos para eles.
Alana é uma personagem cheio de vida e ambiciosa. Ela não desiste facilmente dos seus objetivos e um deles é crescer em sua profissão. Na primeira oportunidade de cobrir um evento em Nova York, a moça corre atrás ao ponto de enfrentar sua chefe na frente dos seus colegas. Conseguindo sua reportagem na cidade que não dorme, a jornalista da revista Exception não tem nenhuma vontade de relacionar com alguém e principalmente se for militar. O passado de sua mãe é prova de não ter nenhum contato com algum homem de farda. Porém, Joel Parker é um homem lindo e atraente. Ele é responsável em despertar um sentimento avassalador em Alana.
Histórias nesta obra dão ânimo para acompanhar durante a leitura. A trajetória de duas irmãos, ambas em um país desconhecido e tendo a oportunidade de experimentar coisas e sentimentos nunca pensados antes. O pulo de anos e mostrando a trajetória de uma mulher moderna e sonhadora. Gerações diferentes, mas nitidamente expõe que quando se trata de amor, não há séculos que possa mudar a sua essência.
Uma trama que me emocionei do começo ao fim, seja nos diálogos ou circunstâncias contidas nessas páginas amarelas e fez transpor lições e sentimentos como: esperança, tristeza, aflição, felicidade, amo, etc.
A escrita de Megan é fascinante, narrando em terceira pessoa, soube explorar todos os personagens fazendo com que o leitor possa compreender os sentimentos de todos. Uma leitura que tornou instigante, no momento em que comecei não quis parar, pois as histórias são lindas e inspiradoras.
Para os fãs de um bom romance, “Você se lembra de mim” é recomendadíssimo. Além de ser lindo ver duas histórias que se completam, a autora no começo do livro contou que essa trama é baseada na história de sua mãe, mas houve algumas mudanças. Leiam e deleitem-se com uma obra banhada em romance, nostalgia e esperança.
 

Onde comprar?


Nenhum comentário:

Postar um comentário