quarta-feira, 1 de junho de 2016

[RESENHA] Namorado de aluguel de Katie West




Editora: Verus
Páginas: 250
Publicação: 2016

Há duas coisas que definam Gia: Popularidade e beleza. Ela possui esses dois aspectos, para a maioria do colégio, um pote de ouro para oportunidades. Em plena noite do baile de formatura, Bradley, o então namorado de Gia termina com ela no estacionamento do local do evento. Para não passar de mentirosa para amigas, pois uma delas já estava desconfiando se esse “namorado” realmente existia, ela terá que pensar no plano B. Ao olhar em voltado, vê um carro com um garoto dentro lendo. Gia não pensa duas vezes ao ir ao garoto e propor fingir seu namorado Bradley por uma noite. Com certo receio o garoto concorda e a noite de Gia está garantida. Porém, mal sabe que nos próximos dias ficará curiosa para saber quem era esse garoto e o porquê de tê-la ajudado. Todavia, como toda mentira tem perna curta, vários acontecimentos acarretarão em uma bola de neve de mentiras e um dia irá vir à tona.
Ao ver a capa desse livro e ler a sinopse me veio aquela sensação de ser um daquelas leituras bem sessão da tarde, ou seja, leve e fofa. Realmente foi isso e muito mais. A leitura que cumpriu o que prometeu na premissa.
Gia é uma personagem fútil e mimada. Tenta passar ao máxima em ser a garota perfeita e inabalável. Sua família seria ideal para ser o modelo de propaganda de margarina, porém é pura aparência. Ela ama suas amigas, porém há uma que fica no seu pé e constantemente tenta puxar o seu tapete. Hayden é o garoto fofo que normalmente as leitoras suspiram a cada frase dele. Ele será responsável por criar dúvidas em Gia e mostrar a ela que todos os dias podemos ser pessoas melhores.
"-Raramente encontramos profundidade quando a procuramos dentro de nós mesmos. A profundidade é encontrada no que podemos aprender com as pessoas e as coisas que nos cercam. Todo mundo, todas as cosias, têm sua história, Gia. Quando você conhece essas histórias, descobre experiências que a preenchem, expandem sua compreensão. Você acrescenta camadas à alma."
Há duas situações que me marcou nessa história. Primeira, há uma crítica sobre o vício e a falta de interação das pessoas com a tecnologia, o que me fez refletir muito. Segunda, a transformação e esforço de Gia ser uma pessoa melhor. Sair da sua zona de conforto e desprender da futilidade e falta de personalidade.
Kasie conseguiu me atrair à uma leitura despretensiosa e leve. Enredo não com mero romance, mas algo no plano de fundo capaz de fazer o leitor refletir com os erros da protagonista. Personagens fáceis de se identificar e amar. Uma escrita envolvente e muito rápida.
Para os fãs do gênero jovem adulto, “Namorado de aluguel” é uma ótima recomendação. É o tipo de livro que serve para aqueles que estão com ressaca literária ou procuram um livro rápido de se ler. A narrativa é leve e a trama é linda.

Onde comprar?


Nenhum comentário:

Postar um comentário