quarta-feira, 20 de julho de 2016

[RESENHA] Inspiração (série Inspiração #1) de Gisele Souza


Editora: Charme  
Páginas: 320
Publicação: 2016


Layla desde nova sofreu grandes perdas, ainda ficou responsável pelo seu irmão menor. Sua adolescência e até mesmo sua vida adulta nunca foram normal como as das outras garotas ao seu redor. As etapas de sua vida foram de muito esforço, trabalho e dedicação para ajudar na educação do seu irmão. A música é sua paixão, desde pequena quando seu pai lhe deu um violão as notas musicais transformaram-se em força para permanecer firme. Ela é cantora em um bar e os clientes a amam.

Em uma noite ela depara-se com um rapaz de olhos azuis. Atração e a química é acionada e os dois começarão uma dança de sensualidade e jogos que despertarão uma chama fora do comum para ambos. Bruno é médico e muito responsável naquilo que faz. Sua vocação é salvar vidas e faz com muito prazer e esforço. No entanto, é mulherengo. Ele não quer compromisso, ou seja, ficar preso a alguém. Layla teve poucos relacionamentos, pois o seu medo de perder alguém que ama assombra constantemente seu coração. A história poderá mudar, mas será que pessoas e barreiras para impedir que os dois possam encontrar algo de bom numa relação poderão ser fortes o bastante? Layla e Bruno encontraram algo inesperado, mas surpreenderam com o que a vida tem para os dois.

Já conhecia a escrita de Gisele, pois li Pecaminoso, um livro sensacional. Então antes de ler “Inspiração” minhas expectativas estavam lá no alto, pois já esperava uma trama equiparada do livro que li. Porém, fui com muita sede ao pote e acabei de me decepcionando. Gostei da história, porém alguns aspectos me fizeram desanimar no decorrer da leitura.
"...estar sozinha com seus problemas é muito mais complicado do que dividi-lo com alguém, mesmo que seja somente para desabafar. Às vezes, só precisamos ser ouvidos."
 Layla é uma garota esforçada e talentosa. Sua vida inteira foi em prol ao seu irmão Lucas. Desde a educação de ser um homem honesto até pagar sua faculdade de medicina. Ela é insegura em várias de sua vida, principalmente na sentimental, pois a autoestima é baixa e tem grande receio de perder alguém com quem possa se apaixonar. Bruno é mulherengo e temos a primeira impressão de atirador, mas por trás dessa capa percebemos um homem responsável, honesto e que ama sua profissão. Os dois quando se encontram é nítida a química e atração.

A trama tem uma boa premissa e personagens marcantes que conseguimos nos identificar e construir certa empatia. Porém, no decorrer da história muitos diálogos e reflexões ficaram mecânicas. Não senti as palavras fluírem e criando uma conexão entre elas. Esses pontos tornaram a leitura ficar arrastada e cansativa.

“Inspiração” é uma série, durante a narrativa de Layla e Bruno, percebemos personagens e premissas potenciais que poderemos acompanhar futuramente. Sendo assim, você poderá gostar dessa série que é um romance contendo cenas quentes, bagagem dramática e uma pitada de humor. Mesmo não ter gostado tanto assim, estou ansioso para os próximos livros da série.

A obra também contém um capítulo extra e um conto narrando como era a convivência de Lucas e Layla com os pais. Gostei dessas surpresas da autora.

                                                                     

Onde comprar?

Um comentário:

  1. Faltou comentar os erros de grafia, regência e gramática.
    "Sua adolescência e até mesmo sua vida adulta nunca foi normal..." (nunca foram)
    "...transformaram-se pra ela força para permanecer..." (em força)
    "...começarão uma dança de sensualidade e jogos que despertaram..." (começaram? ou despertarão?)
    "...ficar preso em alguém..."(preso a alguém)
    "...mas será que pessoas e barreiras para impedir que os dois possam encontrar algo de bom numa relação poderá serem fortes o bastante?" (poderão ser)

    ResponderExcluir