terça-feira, 30 de agosto de 2016

[RESENHA] Made In Macaíba de Miguel Nicolelis



Editora: Planeta
Páginas: 302
Publicação: 2016

Miguel Nicolelis é um neurocientista brasileiro, conhecido pelo seu trabalho com neuroengenharia, principalmente pelo aspecto da interface cérebro-máquina, que objetiva devolver o movimento a pacientes com problemas de locomoção. Foi eleito pela Scientific American um dos 25 cientistas mais importantes do mundo. Além disso, Miguel é um cientista apaixonado pelo conhecimento e ciente de algo que pouco vem sido explorado no Brasil e que continua com um potencial altíssimo de desempenho: a função social da ciência.

Pensando sob essa égide, o professor decidiu criar o projeto de um instituto de pesquisa no estado do Rio Grande do Norte, onde objetivava fazer a alfabetização científica de crianças num local onde a educação fosse precária. Neste livro ele contará como foi o passo a passo do projeto desde suas primeiras ideias, até a atual situação deste, com prospecções sobre o futuro da alfabetização científica no Brasil.

Eu já conhecia Nicolelis desde o lançamento do livro Muito Além do Nosso Eu. Sempre fui apaixonado por neurociência e o acompanhava através das notícias que saiam sobre os seus projetos científicos. Já tive a honra de o conhecer pessoalmente e autografar um exemplar de seu livro numa Bienal daqui de Pernambuco. Quando soube do que se tratava seu livro novo, fiquei muito interessado em ler.

Vale destacar a magnitude que um projeto como esse tem no Brasil atual. Como citei anteriormente, a ciência tem um papel transformador muito forte e que é pouco explorada por aqui: o de transformação social através da alfabetização científica de crianças e jovens. Sempre pensei que faltava algo visionário aqui no Brasil, até que li Made in Macaíba.
 

Vemos o tempo todo vários campos do conhecimento serem abordados na função de modificar a vida das pessoas socialmente. Temos nisso a arte, o esporte, o aprendizado, mas porque não a ciência? Sabemos (uma vez que também sou cientista e vivo no meio do conhecimento diariamente) de vidas de muitas pessoas que conseguiram sair de suas realidades periféricas ao sistema usando do caminho da pesquisa e do conhecimento. Mas isso não é amplamente divulgado. Acredito que agora possamos ter aberto um nicho que se amplie no país, de modo a fazer com que a ciência se aproxime mais e mais do dia a dia das pessoas.
                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário