quinta-feira, 11 de agosto de 2016

[RESENHA] O diário internacional de Babi de Chris Salles


Editora: Planeta
Páginas: 271
Publicação: 2016

Babi está se mudando para Orlando com sua mãe e seus irmãos contra sua vontade. Ela queria permanecer em sua cidadezinha chamado Estrela junto com seus amigos e seu pai. Porém, querer não é poder e suas malas estão prontas para mudança. Ela morará temporariamente com sua tia e seus primos. Primos que desde a infância tiveram uma história. Com sua prima brigavam e seu primo teve uma pequena paixão.

Assim que chega na terra do Mickey, sua adaptação não é bem sucedida. Muitas lágrimas, saudades e um sentimento de revolta por estar em um lugar onde não queria. Isso muda um pouco quando conhece Theo, um garoto bonito, inteligente e charmoso. Seus sentimentos crescem gradativamente, mas há pessoas que tentaram impedir que os dois se conheçam mais. Como no caso de Megan e Zoey. Outros obstáculos aparecerão em seu caminho e ela terá que tomar decisões, erros também serão cometidos e certamente aprenderá com eles.

Sempre tive dificuldade de ler histórias com a construção de uma diário, mas ao começar a ler o diário da Babi isso foi mudando, fazendo com que eu ficasse curioso a cada dia em que ela derramava seus sentimentos e contava sobre o que ocorreu com ela.
Babi é uma adolescente autêntica e vive diversas crises, entre uma delas sua mudança para um país diferente e mal consegue comunicar em inglês. Sua adaptação será de muitas lágrimas e meios para conseguir achar algo bom disso tudo. Como a maioria das garotas de sua idade, a transição para a adolescência tem sua dificuldades com a família, imaturidade e a primeira paixão. Isso tudo virá como uma avalanche de uma vez só. Babi terá que lidar com várias situações para conseguir alcançar o seu “feliz para sempre”, como sempre acreditou através dos contos de fadas.
"...a vida não é feita de momentos perfeitos. Ela até tem alguns, mas é preciso que você lute por eles, e nem sempre você vai vencer. Mesmo quando vencer, eles podem não durar tanto quanto você esperava."
A narrativa da trama é feita através de um diário em que Babi escreve sobre seu cotidiano e seus sentimentos em diversos eventos. De forma natural, a voz da protagonista é mostrada durante a história capaz de prender o leitor do começo ao fim. Com personagens diferente um dos outros e conflitos construídos de maneira objetiva.

Chris Salles possui uma escrita fluida e ágil. Conseguiu transcender as emoções da protagonista em um momento difícil, também me surpreendeu em alguns momentos através dos personagens e trazendo lições para o público que tem a faixa etária de Babi. Trouxe conflitos que normalmente meninas da idade da personagem vivencia, isso faz com que aproxime o leitor à história.

Para os fãs de Paula Pimenta, Patrícia Barboza e um bom romance juvenil, a trama de Babi é muito recomendada. Uma história de conflitos familiares, primeiro amor, crises e muitos momentos cômicos. 
                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário