quinta-feira, 18 de agosto de 2016

[RESENHA] O Sedutor (MMA Fighter #3) de Vi Keeland



 
Editora: Charme  
Páginas: 320
Publicação: 2016      
 
 
Jackson Knight é um homem de negócios, porém sempre teve paixão pela luta. Ao mediar um negócio para uma rede de academias que pertencia a um famoso lutador de MMA, que agora é gerenciado por sua filha. Lily. Ela é uma mulher fascinante com uma personalidade singular. Não é estranho quando seus olhos pousam sobre ela atração e desejo o desperta. Porém, não será tão fácil assim. Ela não quer envolver com alguém com quem tem negócios, pois a última vez que fez isso não terminou bem. Além disso, o lutador tem pendências com seu pai a resolver, pois recentemente descobriu ter um irmão. Vince Stone, O “Invencível” propriamente dito é o seu irmão.
 
Ao ler os dois primeiros livros da série já esperava que esse seria mais um bom. No primeiro conhecemos um lutador que tem um trauma do passado, no segundo outro com problemas com a mãe e um antigo amor, agora no terceiro conhecemos um lutador diferente dos que já vimos. Ele é um homem de negócios apaixonado por luta, sendo que não tem pretensão de seguir carreira profissional.
Acho que lealdade é sempre uma boa qualidade. É a nossa escolha de para quem a damos que pode ser o nosso erro.

Lily é uma moça que gerencia uma rede de academias e também estuda arte. Sua vida sempre seguiu de maneira pacata, até o momento de conhecer Jax. Ele tem uma energia atrativa, olhar eletrizante e um corpo que já imagina o que poderia fazer com ele. Por baixo do terno do ex-estudante de uma faculdade renomado, há um homem selvagem e diferente de todos que conheceu. No primeiro momento ela não quer se envolver, pois está mantendo negócios com ele. Porém, isso não será suficiente para não se render ao rapaz que está fugindo de um recente escândalo familiar.
O amor não é algo que você possa desligar. Quando acontece, ele rouba um pedacinho de quem você é. Acho que às vezes as pessoas continuam lutando porque têm mais medo de perder esse pedacinho de si do que perder a pessoa as quem amam.
Diferente dos livros anteriores que focaram em uma história do passado, com traumas e amores mal resolvidos. Este traz uma trama de um casal que se conhece no presente. Neste terceiro livro os personagens tem suas personalidades peculiares, como Jax ter um instinto selvagem em momentos propícios e Lily ser ingênua em alguns momentos, ao invés escolher o diálogo e ouvir o outro para resolver determinadas questões. Mas algo inquestionável é que o casal contém uma química perfeita, quando os dois se encontram pode esperar faíscas e tensão.
A trama se desenvolve no mundo dos negócios em paralelo ao da luta. Narrado em primeira pessoas pelos dois protagonistas, conhecemos mais da história da relação conflituosa com seu pai e de Lily com Caden, um lutador que esteve com ela num momento difícil, mas não está sabendo lidar com o fim da relação. Há também uma ligação interessante com os outros personagens dos livros anteriores.
Eu sinto seu cheiro quando você não está perto de mim. Te sinto, sem tocá-la. Quando você entra em um lugar, sei que você está lá antes de te ver. Toda vez que a vejo sorrindo, eu sorrio. Sua felicidade se tornou a minha felicidade. Ou estou apaixonado por você, ou você é mesmo o meu anjo. Seja como for, nós fomos feitos um para o outro.

A escrita de Keeland continua envolvente e instigante. Medindo no ponto certo diversos elementos contidos na trama como lutas, relações familiares e até mesmo a relação do casal. As cenas são descritas de maneira objetiva e coerente, fazendo com que o leitor fique curioso sobre o que irá acontecer.
Para quem é fã de livros com temática de luta, este é recomendadíssimo. Os livros trilogia são independentes, contando a história de um casal diferente. Um romance avassalador e uma escrita extremamente envolvente. “O Sedutor” fechou a trilogia  MMA Fighter com chave de ouro.
       

Onde comprar?


Nenhum comentário:

Postar um comentário