domingo, 4 de setembro de 2016

[RESENHA] George de Alex Gino



Editora: Galera Record
Páginas: 144
Publicação: 2016

George é diferente de todos, embora ninguém consiga enxergar isso nela. Ela adora teatro, adora bonecas, maquiagem e tudo o que o seu universo feminino oferece. Ela sempre sonhou em interpretar a aranha Charlotte da peça A Menina e o Porquinho, que está para ser encenada no final desse semestre no seu colégio. Porém, algo poderá impedi-la de fazer o que tanto quer: George nasceu no corpo de um menino.

Este é um dos primeiros livros publicados no Brasil a abordarem a transexualidade para o público infantil. Sem dúvidas essa é uma temática muito necessária de ser discutida para com esse público e nesse aspecto o livro é muito útil. 

Com linguagem acessível e ponto de vista da protagonista em todo o livro, George contará a história de sua protagonista, uma criança que descobrirá paulatinamente que nasceu no corpo de um sexo que não lhe representa. Ela contará com a ajuda de sua melhor amiga Kelly, que a ajudará nessa jornada.

O livro em si é excelente e aborda todos os plots que geralmente envolve @s transexuais: a vida na escola, cercada de bullying, a recepção da família, os conflitos internos da pessoa que passa por esse processo de amadurecimento, entre outros. Todos estão no livro, porém, a única coisa que me incomodou na leitura é a ausência de um pouco mais dr aprofundamento em alguns desses aspectos, sendo muitos deles passados de forma muito rápida.


No mais esse livro cumpre com um papel social enorme e tem um enorme potencial para ser utilizado em escolas como paradidáticos e leitura obrigatória de jovens e crianças. Recomendo a todos.

                                                                     

Onde comprar?

Um comentário:

  1. Oi, quero muito ler esse livro, nunca li um livro nessa temática e esse é um dos motivos pelo qual estou louca para ler, e segundo essa capa simplista muuuuuuuuuito fofa. E também o que mais me chamou atenção é sobre a identidade do autor ou autora, que o que me parece ele/ela pediu pra não revelar seu gênero. estou muito curiosa e pretendo ler em breve!

    https://sobrelivroseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir