sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

[Resenha] A Garota do Calendário (Setembro #9) de Audrey Carlan


Editora: Verus
Páginas: 144
Publicação: 160
Mia está de volta a sua cidade natal para ver o estado de saúde do seu pai, que se agravou. Porém, como ela ficará sem trabalhar, em seu contrato com sua tia Millie há uma cláusula que se ela não trabalhar no mês já reservado para um cliente, deverá pagar os cem mil a ele. Não é só isso que abalará as estruturas da moça, mas também a saúde de seu pai e algo relacionado a Wes. O que nos outros meses não tiveram tantas bombas em seu colo, este mês está reservado para muito equilíbrio psicológico.
Desde o mês de julho, o que mostra ser um divisor de águas na série com relação a vida de Mia, todo mês vem se mostrando mais intenso e recheado de conflitos. Setembro é o mês com mais conflitos para Mia. Ela deverá respirar fundo muitas vezes, pois não será nada fácil. Além da saúde do seu pai, pagar a multa por não trabalhar no mês, algo com Wes, também tem sua dívida com Blaine.
Audrey não poupou em derramar drama neste mês sobre a protagonista. Mas isso será de aprendizagem e amadurecimento, como está acontecendo todos os meses quando vem surgindo diversos eventos não agradáveis. A autora tem trabalhado bem a série e a inserção de eventos ao derredor de Mia.
Para quem já se surpreendeu com o mês de agosto, este mês já pode se preparar com muito tiro, porrada e bomba. Muitos acontecimentos virá sobre Mia e ela deverá estar preparada.
O mês de outubro está reservado muitas surpresas para Mia e ela descobrirá talentos não pensados antes.
Onde comprar?


Nenhum comentário:

Postar um comentário