terça-feira, 30 de janeiro de 2018

[RESENHA] Andróides Sonham com Ovelhas Elétricas? de Philip K. Dick


Editora: Aleph
Páginas: 336
Publicação: 2017

Sempre achei curioso o nome desse livro: "Andróides sonham com ovelhas elétricas?". O filme inspirado no livro, no entanto, leva o nome de "Blade runner". O blade runner é, no livro, o caçador de andróides enquanto que no filme ele caça replicantes. Em suma, a mesma coisa.

É bem curioso como os autores de ficção científica imaginam ou imaginavam o futuro. Se formos considerar até mesmo 1984, de George Orwell, o futuro previsto por ele se concretizou em algumas partes. Porém, em "Andróides", a imaginação do autor alcançou outro nível. É como se ele acreditasse que a tecnologia evoluiria tão rapidamente após os anos 2000 que já teríamos colônias interplanetárias, uma inteligência artificial tão bem feita que é capaz de acreditar que está viva de verdade e, claro, que teríamos carros voadores!

E é a inteligência artificial que permeia essa história de Philip Dick. Em 2019, andróides foram criados para a exploração espacial. Eles são tão semelhantes aos humanos que somente o teste Voight-Kampff, um teste de empatia, é capaz de identificá-los. Ainda nesse futuro, os animais entraram em extinção e as pessoas ostentam réplicas dos mesmos em suas casas, o que lhes dá um certo status.

Rick Deckard é um caçador de recompensas que tem por missão aposentar os andróides que estão na Terra. Durante uma missão, ele conhece Rachel é um laço entre os dois começa a se formar. Porém, a aplicação do teste de empatia lhe revela que ela é uma andróide.

Assim como é interessante ver o que os autores imaginavam sobre o futuro, é curioso ler os questionamentos que eles já faziam a respeito da vida ou de assuntos tão contemporâneos. O título do livro pode trazer um dos pensamentos que o autor nos faz ter durante a leitura: o valor da vida das pessoas e das coisas.

Este não foi minha primeira leitura de Dick. Eu li há muito tempo o livro de contos “Podemos recordar pra você por um preço razoável”. E achei incrível a ideia de implantar memórias falsas nas pessoas. Ficção científica é um estilo literário que me atrai e espero poder ler outros tão bons quanto.
                                                                     

Onde comprar?


Nenhum comentário:

Postar um comentário