quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

[RESENHA] Antes, agora e sempre (Heartbeat #2), de Teodora Kostova


Editora: Charme
Páginas: 320
Publicação: 2017


Beppe e Gia se conhecem desde criança, quando o garoto machucou o joelho e Gia o ajudou fazendo um curativo. No decorrer dos anos essa amizade foi se fortalecendo em meio a conversas e ajuda, pois o pai de Beppe era agressivo e batia nele e na mãe. Anos e anos de surra, e mesmo assim Gia estava ali para ajudá-lo. Essa amizade foi ganhando cores até que os dois tiveram algo mais, uma conexão mais intensa e íntima. Foi o passo para um sentimento forte adentrasse no coração de ambos. No entanto, algo trágico acontece e faz com que Beppe se mude.

Gia ficou desamparada sem ter seu amigo por perto, mesmo mantendo contato por telefone, não era a mesma coisa. Anos depois, ele está de volta. Porém, a garota usou a sua ausência para construir muros envolta de seu coração para impedir qualquer resquício de sentimento ocupasse nele. Será que o que sentiram no passado ainda existe? Será que a tragédia foi capaz de apagar os momentos marcantes e provaram algo mais forte que eles sentiram um dia?

Li o primeiro volume da trilogia Heartbeat há muito tempo. Portanto, esqueci de muita coisa, mas lembrava vagamente de um casal que tinha uma história linda, mas estava mal resolvida. Assim que iniciei “Antes, agora e sempre”, comecei a lembrar da história do casal e me apaixonei de novo.

Gia é muito inteligente e estudiosa. Ela carrega o peso da culpa, por focar nos estudos, enquanto seu pai estava definhando por conta do câncer e só seu irmão de 14 anos estava ajudando. Ela foi avançando em seu curso e ganhando espaço na sua carreira na culinária. Nesse meio tempo, ela também tinha que domar seus sentimentos pelo seu melhor amigo, que após uma tragédia se mudou para outra cidade.

Beppe carrega em si diversas marcas de espancamentos de seu pai. Desde a infância ele sofria abusos físicos daquele que deveria dar amo e proteção. Assim que algo na sua vida muda, surge alguém do seu passado e oferece a opção de recomeçar sua vida. Ele aceita e se torna um homem forte, que apesar das marcas, soube lidar com o trauma.

Quando li a história da separação do casal construí um argumento e duas interpretações. Compreendi o lado dos dois protagonistas, pois Gia estava se sentindo sozinha sem seu melhor amigo e alguém que amava e Beppe por querer reconstruir os pedações de sua alma. Os dois lados são compreensivos, e arrisco em dizer que de Beppe é mais, por tudo que viveu. Gia ainda admite em um momento ser egoísta, e isso mexe em seu interior que faz fechar seu coração para o amor, principalmente vindo de Beppe.

O meu argumento é: eles não poderiam viver uma relação à distância. Sim, sei que é difícil lidar com tal relacionamento, mas quando a pessoa passa por algo tão ruim e se há amor, não é possível pelo menos dar uma chance? O argumento de Gia se torna fraco com relação a história de Beppe.

A obra é narrada em terceira pessoa, sendo assim, o leitor pode ter uma visão panorâmica de vários personagens, suas motivações e sentimentos. Os personagens tem uma química ótima, o que faz com que a leitura se torne fluida.

Teodora tem uma escrita envolvente, fazendo com que o romance seja equilibrado no quesito romance. Ela não foca apenas em momentos calientes. Aliás, ela nem deu muito foco para isso, e sim, para a história do casal e os conflitos que a trama vai apresentando.
Os conflitos que a autora inseriu na trama foram muitos relevantes. Não foi apenas um romance, há um drama e ação, que são pontos responsáveis para tornar a leitura e a história mais recheada, mais bem apresentada. Não tem somente a história de um casal que se separou e o rapaz está de volta tentando reconquistar a moça. Não, há conflitos externos que interfere na relação do casal.


Para os fãs de romance essa é uma boa indicação. O livro é o segundo de uma trilogia, mas pode ler de forma independente. Os personagens do primeiro livro aparecem nesse, e podemos conhecer mais da história do protagonista do primeiro, que é irmão de Gia e como está o casal após o final. A autora também aproveitou e criou o gancho para o terceiro, que será protagonizada por Lisa, melhor amiga de Max e Gia.
                                                                     

Onde comprar?

2 comentários:

  1. Que resenha, hein! Preciso leeerr esse livroo haha
    Amei o blog, beijos

    http://escre-vidas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo certo?
    Já curti a página e me inscrevi no canal.
    Parabéns pelo trabalho!
    Beijos :*
    www.freakandcreepy.com

    ResponderExcluir