terça-feira, 30 de janeiro de 2018

[RESENHA] Crônicas de Morrighan (Crônicas de Amor & Ódio #0,5) de Mary E. Pearson


Editora: Darkside Books
Páginas: 128
Publicação: 2017

Morrighan é uma jovem que sempre viu beleza ao seu redor, sempre buscou o lado bom e belo do mundo. Nascida e vivendo em meio a uma grande guerra em seu território, seu grupo vive em formato nômade, ou seja, andam de um lugar ao outro sem se fixar em nenhum ponto específico. A luta pela sobrevivência é diária, tendo todos que caçarem para conseguirem comer e sobreviver por mair um dia. Pela manhã, todos partem para a floresta para buscar algo que consiga comer e, à noite, se juntam no acampamento para compartilhar sua caça e comerem todos. Numa dessas idas à floresta, Morrighan esbarra em um garoto magricelo e estranho, que está escondido por entre as plantas. Ao conversar com ele e o ensinar a caçar, este resolve sumir no mato, correndo e se afastando dela. Nunca mais ela o esqueceria.

Anos depois, Jafir, o tal garoto, está mudado e o destino os une novamente. Com o corpo já na puberdade, ambos se aproximarão mais fortemente, mesmo tendo consciência que este é um amor proibido e que terá grandes consequências num futuro próximo.

Crônicas de Morrighan é um spin-off da série Crônicas de Amor e Ódio, cujos dois primeiros livros já tem resenha no blog. Trata-se de contar o passado de Mrrighan, personagem que é muito importante e interessante na trama original.

Eu gostei muito desse livro pela fluidez com que a história é contada. A escrita de Mary E. Pearson já é deliciosa de ser lida nos demais livros e nesse continua com um sabor gostoso. Essa autora tem uma boa mão para romances e consegue prender o leitor do início ao fim, fazendo com que torçamos o tempo todo para o casal de protagonistas. 

Não é necessário ler a trilogia original antes desse tomo. Como a história se passa muito antes da de Lia, você não terá spoilers da trama principal e apenas se aprofundará mais no passado de Morrighan e de como seu nome acabou virando o do próprio continente onde tudo se desenrola. 

Vale destacar a edição que a Darkside Books deu para esse título, com todo esmero que a editora tem por seu catálogo: capa dura, detalhes em dourado e um lindo projeto gráfico no miolo. Essa també, é a primeira edição física desse livro no mundo, uma vez que ela só tinha saído em ebook em todos os demais países onde foi lançada.

Recomendo a tod@s que se interessaram na trilogia original e que queiram saber mais sobre esse universo delicioso.
                                                                     

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário