sábado, 16 de junho de 2018

[ESPECIAL] Mar despedaçado, de Joe Abercrombie

Olá, leitores do Capa e Título! Tudo bem com vocês? Vocês conhecem o autor Joe Abercrombie? Ele nasceu em Lancaster, na Inglaterra, em 31 de dezembro de 1974. Na famosa Universidade de Manchester, Joe estudo Psicologia. Mas seu grande sonho era escrever livros de fantasia com uma pegada voltada para o público adulto e, quem sabe, redefinir o gênero.


Assim como muitos autores que conhecemos, como J. K. Rowling, Joe trabalhava em uma história enquanto seguia trabalhando em outra área. De 2002 a 2004, ele conclui o primeiro livro da trilogia A Primeira Lei, publicado em sua língua original em 2006. No Brasil, a Editora Arqueiro publicou O Poder da Espada (2013), Antes da Forca (2014) e O Duelo dos Reis (2015). Por conta de seu sucesso como autor e experiência na TV, ao lado de outros autores de sucesso, como Terry Pratchett, Joe contribui para o documentário Worlds of Fantasy, da BBC.

A Trilogia Mar Despedaçado

A Trilogia Mar Despedaçado começa a ser publicada originalmente em 2014, dois anos após a publicação de Red Country, um livro spin-off de A Primeira Lei. Os livros que compõem a trilogia são Meio Rei (2016), Meio Mundo (2017) e Meia Guerra (2018). Contam a história de Yarvi, filho caçula do rei Uthrik que, longe de pensar na possibilidade de ser rei, estuda para ser ministro, alguém que se dedica pelo resto da vida a curar e aconselhar. Porém, uma tragédia o força a mudar de estrada e partir numa jornada que o formará e o transformará.

Soprava um vento forte na noite em que Yarvi descobriu que era rei. Ou pelo menos meio rei.
ABERCROMBIE, J. Meio Rei: Mar despedaçado 1. São Paulo: Arqueiro, 2016.

Yarvi é um personagem que precisa se impor. Não somente por ser filho de quem ele, o que por si só já é um peso grande. Mas porque a expectativa das pessoas a respeito dele são enormes. O que esperar de um meio homem? Ou melhor dizendo, de um meio rei? Afinal, quando pensamos num rei temos uma imagem pré-determinada de um soberano no sentido mais concreto possível da palavra. Um guerreiro, capaz de erguer espada e comandar exércitos contra outros povos. Yarvi é um homem com a mão deformada. Por isso, considerado incompleto. Ele precisa demonstrar sua capacidade de liderança para se destacar e ganhar respeito. O interessante desses livros é ver como a inteligência muitas vezes é melhor que a força bruta.

Apesar de eu ter a outra trilogia do autor, eu nunca cheguei a lê-la. Por conta de algumas questões que apareceram no meio do caminho, tive que deixar o primeiro livro de lado e acabei não retomando sua leitura. Mar despedaçado, porém, são livros mais curtos e com uma dinâmica, até onde eu possa falar sobre, diferente de A Primeira Lei. Enquanto que neste a escrita é bem condensada, nessa outra trilogia o autor não perde tempo com muitas descrições. A escrita é mais direta, o que faz com que a leitura flua rapidamente.

Mar despedaçado é uma trilogia que vai agradar muito o leitor que procura uma boa fantasia.
                                                         

Onde comprar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário